Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Cássio admite 'dor' na derrota, mas pede Corinthians confiante contra o Cuiabá

Goleiro quer a equipe forte psicologicamente para o duelo contra equipe mato-grossense, no sábado

Redação, Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2021 | 21h45

A disparidade técnica entre Corinthians e Atlético-MG ficou evidente, nesta quarta-feira, no Mineirão, com a vitória por 3 a 0 do líder do Campeonato Brasileiro. Mas o goleiro Cássio, um dos líderes da equipe de Parque São Jorge espera um time forte psicologicamente no duelo de sábado frente ao Cuiabá, quando estará em jogo uma briga direta por vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

"Hoje é doído, mas temos que virar a página. Temos um jogo importante no sábado. Temos pretensões. Temos que trabalhar e pensar nas próximas partidas", disse Cássio, que comentou o lance do primeiro gol, marcado por Diego Costa.

"Infelizmente, no primeiro gol, acabei escorregando. Quando tentei ir na bola, não deu mais. Tomamos gol no começo do segundo tempo, o que atrapalhou. Tentamos um resultado melhor, mas não conseguimos", disse o arqueiro, autor de pelo menos duas belas defesas, que evitaram uma derrota ainda mais elástica do time paulista.

Com a derrota, o Corinthians permanece com 47 pontos, após 31 partidas disputadas, e em boas condições de obter uma vaga para a disputa do maior torneio de clubes da América do Sul, em 2022.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.