Daniel Augusto Júnior/Ag. Corinthians
Daniel Augusto Júnior/Ag. Corinthians

Cássio dá susto em treino, mas mantém programação do Corinthians

Goleiro sentiu uma dor no dedo da mão direita ao defender um chute, mas voltou a treinar

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

24 de abril de 2013 | 14h57

SÃO PAULO - Cássio deu um ''susto'' no preparador de goleiros do Corinthians, Mauri Lima, na manhã desta quarta-feira em treino no CT Joaquim Grava. Ao defender um chute, o goleiro sentiu uma dor no dedo da mão direita. Após a bolada, no entanto, ele voltou a treinar normalmente.

A mão direita é a ''boa'' de Cássio, que se recupera de uma lesão na mão esquerda. Ele sofreu uma pequena fratura no punho esquerdo, dia 3 de abril, no jogo contra o Millonarios, em Bogotá, pela Libertadores. Por conta dessa lesão, ele ainda está fora do time e treina com proteção no punho esquerdo.

Segundo o departamento médico, Cássio continua com a programação normal de recuperação. Ele ainda vai treinar nesta quinta e sexta-feira. A expectativa é que ele não sinta mais dores no punho esquerdo.

Mesmo assim Cássio não deve enfrentar a Ponte Preta, domingo, em Campinas, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. A ideia da comissão técnica é preservá-lo para a partida da próxima semana, quarta-feira, contra o Boca Juniors, na Bombonera, primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores.

Contra a Ponte, Tite vai dar nova chance a Danilo Fernandes como titular. Júlio César fica no banco de reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.