Cássio diz que tempo livre será importante para Corinthians 'arrumar os erros'

A queda nas semifinais do Campeonato Paulista diante do Palmeiras e a perda de invencibilidade na temporada para o São Paulo, pela Libertadores, acenderam o sinal de alerta no Corinthians. E para que resultados negativos como estes não voltem a acontecer, nada melhor do que muito trabalho nesta longa folga que a equipe tem até ir ao Paraguai enfrentar o Guaraní, no dia 6 de maio.

Estadão Conteúdo

28 de abril de 2015 | 20h29

"Vamos aproveitar essa folga, treinar, arrumar os erros e trabalhar. Temos de trabalhar bem, depois começarão os jogos seguidos e não haverá mais tempo para isso, apenas jogar. Temos de trabalhar muita coisa, melhorar tudo, a gente não tinha tempo para treinar e não queríamos esse tempo. Temos de melhorar tudo, bola defensiva, bola parada", admitiu o goleiro Cássio em entrevista coletiva nesta terça-feira.

O Corinthians treina até embarcar para Assunção, onde enfrenta o Guaraní no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. A partida de volta será realizada no dia 13, no Itaquerão, e ninguém no elenco pensa em qualquer outro resultado que não a classificação às quartas de final.

Para alcançar este objetivo, o Corinthians terá um importante reforço. Principal jogador da equipe no ano, o atacante Paolo Guerrero se recuperou de uma dengue que o impediu de enfrentar Palmeiras e São Paulo. Nesta terça, realizou trabalho com bola pela segunda vez consecutiva e mostrou que estará pronto para ajudar o time paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansCássio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.