Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Cássio nega queda de rendimento no Corinthians e lembra: 'Somos líderes'

Goleiro ignora números da equipe no segundo turno e destaca posição na tabela do Brasileirão

Estadão Conteúdo

16 Outubro 2017 | 19h38

O goleiro Cássio tratou de minimizar nesta segunda-feira os resultados ruins do Corinthians no Campeonato Brasileiro. O jogador disse não concordar com a expressão "queda de rendimento" e fez questão de ressaltar que, apesar das críticas, o time é o líder com sobras do nacional.

+ Carille vê aprendizado em gol sofrido com Cássio no ataque

"Por mais que a gente de repente tenha oscilado um pouco nos jogos não é queda de rendimento. São detalhes que erramos e não vínhamos errando na sequência de jogos. Mas não podemos esquecer que somos líderes, conseguimos manter desde a partida contra o Santos, uma boa vantagem sobre o segundo colocado. Então temos que continuar trabalhando forte, se manter entre os primeiros e conseguir o título", disse o goleiro, no desembarque da equipe em Guarulhos, após voltarem de Salvador, onde o time perdeu para o Bahia por 2 a 0.

O goleiro ainda precisou falar sobre o curioso lance durante a partida com o Bahia, quando foi para o ataque tentar o cabeceio, mas o Corinthians perdeu a bola e a equipe baiana acabou marcando o segundo gol. Ele reafirmou que só foi para o ataque após autorização de Carille e dá a entender que não fará mais isso.

"Fui para a área porque o Carille me autorizou e naquele momento faltava um minuto. Em outros momentos acabei não indo também. O intuito é de ajudar e infelizmente acabamos levando o gol. Se tivesse mais tempo eu não faria isso. Depois de ter tomado o gol, com certeza não (iria de novo para a área). Difícil fazer de novo", comentou, entre risos.

Os jogadores do Corinthians ganharam folga nesta segunda-feira e voltam aos treinamentos na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.