Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Cássio pede para jogar e mira recordes com o Corinthians

'Quero jogar as duas partidas e contribuir', diz goleiro

Estadão Conteúdo

26 de novembro de 2015 | 19h13

Com o título brasileiro garantido, alguns jogadores do Corinthians, mais desgastados, manifestaram o desejo de terem as férias antecipadas. Mas não Cássio. O goleiro não quer saber de descanso e revelou nesta quinta-feira que já pediu para disputar as últimas duas rodadas da competição, contra Sport, no Recife, e Avaí, no Itaquerão.

"Procuro trabalhar normalmente e fazer o melhor nos treinamentos, ainda tem dez dias de trabalho. Vamos ter seriedade e respeito. Quem estiver mais cansado já deve ter conversado com o Tite, mas eu quero jogar as duas partidas e contribuir. Estou treinando diariamente para isso", declarou.

Cássio manifestou seu desejo para Tite e o preparador de goleiros Mauri Lima, que concordaram. Com isso, ele deverá estar em campo em ambas as partidas. "Quando eu falei que gostaria de jogar todas, o Mauri concordou e disse que trabalharia até o último treino em alto nível."

Se a conquista já foi selada e o time goleou o São Paulo no jogo da entrega da taça, a motivação de Cássio passou a ser os recordes. Com uma campanha irretocável, o Corinthians pode terminar com a maior pontuação da era dos pontos corridos desde que o campeonato passou a ser disputado em 20 clubes, além de muitas outros feitos.

"Depois que fomos campeões, fizemos nosso placar mais elástico no campeonato. Tudo serve de motivação. Temos duas partidas, o Sport precisa ganhar para brigar por Libertadores, mas vamos jogar para ganhar. Isso é legal. Para um goleiro, é melhor ter a melhor defesa do campeonato e confirmar isso. É um desafio, assim como ter a maior pontuação e outras coisas. Mas jogar no Corinthians já é uma grande motivação, acima de qualquer coisa", garantiu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansCássio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.