Juan Ignacio Mazzoni|EFE
Juan Ignacio Mazzoni|EFE

Cássio relembra eliminação ao exaltar empate no Uruguai

Goleiro lembra de derrota por 2 a 0 para o Guaraní-PAR em 2015

O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2016 | 00h21

O empate em 0 a 0 diante do Nacional-URU, fora de casa, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, foi bem absorvido pelo elenco do Corinthians após o apito final. Pelo menos foi essa a opinião do goleiro Cássio, que ajudou a garantir o zero no placar nesta, quarta-feira com boas defesas.

Em entrevista ao canal FOX Sports depois da partida, o arqueiro do Corinthians exaltou o resultado conquistado, que deixa o time alvinegro a uma vitória da vaga para as quartas de final - empate com gols na volta dá a classificação ao Nacional e novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis. "Viemos buscar a vitória. Não conseguimos, mas jogamos no estilo da Libertadores, com bastante superação, e uma vitória simples nos dá a classificação em casa".

O goleiro ainda lembrou da doída derrota no ano passado, para o Guaraní, do Paraguai, para valorizar o resultado contra os uruguaios. "Temos que comemorar porque ano passado perdemos por 2 a 0 (no jogo de ida) e ficou muito complicado para reverter em casa", relembrou. "Tenho certeza que vamos lotar nosso estádio e fazer uma grande partida em busca da classificação".

Eliminado nas semifinais do Campeonato Paulista pelo Audax, o Corinthians terá uma semana para se concentrar antes do confronto de volta pela Libertadores. A equipe volta a campo na próxima quarta-feira, dia 4 de maio, às 21h45, no Itaquerão, em São Paulo, para pegar o Nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansCássioLibertadoresFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.