Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Cássio revela conversa pós-clássico e projeta volta de ‘Corinthians vencedor’

Goleiro minimiza tropeços e avisa que resultados não fazem a equipe se tornar o pior time

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2017 | 18h34

Se reapresentar após uma derrota é algo pouco convencional para o Corinthians na temporada - foram apenas cinco vezes no ano - e perder duas partidas seguidas era algo inédito para o time de Fábio Carille. Por isso, os jogadores e a comissão técnica decidiram conversar sobre a partida contra o Santos para evitar que os resultados ruins se tornem algo corriqueiro e ameaçassem a boa campanha do time no Campeonato Brasileiro. O goleiro Cássio promete que as coisas vão mudar já diante do Racing, quarta-feira, pela Copa Sul-Americana.

"Depois que acabou o jogo, sentamos, conversamos e falamos que tínhamos de melhorar e evoluir. Não pode é criar dúvida sobre nosso potencial. Sabemos que podemos chegar longe, mas precisamos de muito empenho e trabalho. E temos de pensar jogo a jogo, não daqui a dez rodadas. Não começamos bem o segundo turno, mas o campeonato é o geral”, destaca o goleiro.

Após as derrotas para Vitória e Atlético-GO, muitos torcedores passaram a levantar suspeitas sobre a qualidade do time corintiano. Cássio resume: “Sabemos qual é o verdadeiro Corinthians. O Corinthians vencedor”.

Ponderado durante a entrevista coletiva, o goleiro demonstrou não estar satisfeito com a situação da equipe, mas pede cautela na análise, já que o time ainda está em excelente condições na tabela.

“Nunca falamos que somos imbatíveis e sempre pensamos jogo a jogo. Para quem está liderando, três derrotas em 23 jogos não é muita coisa. A cobrança maior foi ter perdido para o último colocado (Atlético-GO). Não é legal perder e ficamos muito frustrados depois do clássico. Não é por essas duas derrotas que vamos achar que somos o pior time”, analisou Cássio.

Apesar da derrota para o Santos, o Corinthians continua como líder do Campeonato Brasileiro com 50 pontos, sete a mais que o Grêmio. O time alvinegro volta a campo, pelo Brasileiro, para encarar o Vasco, domingo, na Arena Corinthians. Antes, porém, recebe o Racing, na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. 

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.