Cássio se prepara para duelo contra Rogério Ceni

O goleiro Cássio citou vários pontos fortes do São Paulo, rival no clássico de domingo: o ataque rápido, a volta de Lucas da Seleção Brasileira, o oportunismo de Luis Fabiano... Mas uma outra arma do Tricolor também é motivo de preocupação da ‘Muralha da Fiel’, como é chamado entre os torcedores: a precisão da bola parada de Rogério Ceni.

Jornal da Tarde,

23 de agosto de 2012 | 08h58

“A qualidade dele é indiscutível, tanto em faltas como em cobranças de pênaltis. Ele é um grande cobrador, um dos melhores do Brasil”, afirmou Cássio.

Claro que se Ceni acertar o pé, suas bolas são praticamente indefensáveis, mas Cássio tem sua estratégia para se dar bem. “Preciso ficar atento e preparado, além de montar bem a barreira e ficar bem posicionado.”

Apesar da rivalidade entre os times, Cássio disse que o goleiro do São Paulo é um exemplo por conseguir se manter como titular em um grande clube por tanto tempo, e conquistando vários títulos. “Ele fez por merecer, é um grande profissional.”

Cássio espera um clássico parelho e descarta o favoritismo do Corinthians, embora o time tenha vencido os últimos seis jogos que disputou contra o São Paulo no Pacaembu. “Não podemos achar isso. Muitas vezes um time está mal, ganha e cresce na competição.”

A vantagem que o Corinthians leva em relação ao rival, na opinião de Cássio, é o entrosamento, pelo fato de o Timão jogar junto há mais tempo. “Esse pode ser um fator que nos favoreça.”

Contra o São Paulo, Tite terá à disposição praticamente todos seus titulares – a exceção é Jorge Henrique, que continua machucado. Emerson Sheik, Alessandro e Chicão vão retornar ao time.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.