Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Castán lamenta queda de rendimento do Vasco e pênalti marcado para o Grêmio

'Fizemos um bom início do jogo, mas não conseguimos manter o ritmo', comenta o zagueiro após derrota

Redação, Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2019 | 00h30

O Vasco teve um bom início de jogo e até saiu na frente do Grêmio nesta quarta-feira à noite, mas acabou sofrendo a derrota, de virada, por 3 a 1, em São Januário, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o zagueiro Leandro Castán, o grande erro do time carioca foi deixar o ritmo cair.

"Vínhamos de cinco jogos seguidos sem perder e infelizmente agora essa sequência chega ao fim. Ninguém gosta de perder, ainda mais aqui em São Januário, onde é muito gostoso de jogar ao lado da nossa torcida. Fizemos um bom início do jogo, mas não conseguimos manter o ritmo e deixamos o Grêmio crescer", lamentou.

O zagueiro também se mostrou irritado com a marcação de um pênalti no segundo tempo, que Luciano converteu para marcar o terceiro gol gremista. Na jogada, o árbitro goiano Wilton Pereira Sampaio marcou pênalti acreditando que Castán acertou Luciano com o braço em uma disputa pelo alto.

"Quando o Everton cruzou a bola, eu abro os braços para subir. É interpretação de cada um. Tem comentarista que vai dizer que eu estou tentando enganar a arbitragem, então não adianta falar agora. Teve um contato, sim, e o Luciano caiu", explicou.

O técnico Vanderlei Luxemburgo reconheceu a superioridade técnico do Grêmio. "A gente também perde jogos. E perdemos para um adversário muito forte. Agora é pensar na frente, porque este jogo já foi. O Grêmio já deu demonstrações de ter um elenco forte em outras situações" elogiou.

A derrota manteve o Vasco com 38 pontos, em 11.º lugar no Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.