Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Castán projeta Vasco 'forte' para clássico com o Flamengo em Brasília

Rivais se enfrentam no sábado, no Mané Garrincha, pelo Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

13 de agosto de 2019 | 20h49

Um dos líderes do elenco do Vasco, o zagueiro Leandro Castán prevê um time "forte" para o clássico contra o Flamengo, sábado, às 19 horas, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista ao site oficial do clube, o defensor afirmou que o time de São Januário aprendeu muito após o empate sem gols com o CSA, em Cariacica.

"A partida contra o CSA serviu de lição para a gente. Vimos que para evitar qualquer tipo de sofrimento precisamos lutar muito, estar juntos. Se jogarmos da forma que atuamos contra o Goiás, com aquele comprometimento, vai ser muito difícil ganhar da gente. Teremos essa semana toda e vamos procurar nos preparar da melhor forma possível para esse clássico contra o Flamengo. Nosso time chega forte para esse clássico", disse o jogador, nesta terça-feira, após a reapresentação do time.

O zagueiro elogiou a equipe pela vitória sobre o Goiás, em Goiânia, no domingo. "Na minha visão fizemos um baita jogo contra o Goiás. A nossa atuação foi com bastante inteligência, jogamos o tempo inteiro para buscar a vitória, e conseguimos o nosso objetivo, que era voltar aqui para o Rio com os três pontos. Não é fácil ganhar lá dentro. Nosso time se entregou ao máximo para isso."

O técnico Vanderlei Luxemburgo tem um problema para escalar o setor ofensivo da equipe vascaína. Marcos Júnior e Rossi não poderão jogar. O primeiro vai cumprir suspensão enquanto o segundo se recupera de cirurgia recente de apendicite. Outra baixa será o atacante Marrony, desfalque após ter levado o terceiro cartão amarelo.

O elenco do Vasco volta aos treinamentos nesta quarta-feira, quando Luxemburgo vai em busca da definição do time que vai atuar em Brasília. O time cruzmaltino ocupa a 14ª posição no Brasileirão, com 17 pontos, seis à frente do Cruzeiro, que hoje encabeça a zona de rebaixamento, em 17º lugar.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.