Castillo volta a treinar no Botafogo e planeja retorno

O retorno aos treinamentos do goleiro Castillo nesta terça-feira, após a inatividade de cinco meses em razão da recuperação de uma cirurgia no joelho direito, foi digno de quem está sedento pela titularidade. Renan que se cuide, porque o goleiro uruguaio apareceu com a língua afiada no treinamento matinal. Reinaldo é outro que reapareceu nos treinamentos do Botafogo após ficar fora dos últimos três jogos.

FABIO LACERDA, Agencia Estado

17 de março de 2009 | 17h55

Castillo não entrou no mérito da questão de quem é melhor no gol botafoguense: ele ou Renan. No entanto, o goleiro do Uruguai disse durante o treinamento realizado em General Severiano que o atual titular do Botafogo tem muito potencial, mas que precisa provar tal condição.

Segundo o uruguaio, a camisa número 1 do Botafogo deveria estar à sua disposição assim que estabelecesse as plenas condições técnicas e físicas. Castillo disse ser mais experiente que Renan, e que sua previsão de retorno coincide com as finais da Taça Rio, justamente no momento que o time precisará dos jogadores mais experientes e acostumados com decisões.

Outra novidade na movimentação realizada nesta terça-feira foi a escalação de Batista no meio-de-campo no lugar de Léo Silva, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo na partida contra o Cabofriense. O jogador vindo do Avaí ganhou a concorrência com Renato, que estreou com gol em Cabo Frio.

Para a partida de domingo contra o Duque de Caxias, pela quarta rodada do segundo turno do Campeonato Carioca, Ney Franco confirmou a presença da dupla de ataque titular. Reinaldo se recuperou do estiramento na coxa direita e está apto para jogar ao lado de Victor Simões, artilheiro da equipe no Estadual, com oito gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.