Catar é o primeiro classificado para fase final das Eliminatórias na Ásia

Sede da Copa do Mundo de 2022, o Catar pode jogar o Mundial pela primeira vez em 2018, na Rússia. Nesta terça-feira, a seleção catariana se tornou a primeira a se classificar para a fase final das Eliminatórias da Ásia ao vencer o Butão por 3 a 0, fora de casa, e garantir a ponta do Grupo C.

Estadão Conteúdo

17 de novembro de 2015 | 14h00

Com seis vitórias em seis jogos, o Catar não pode mais ser ultrapassado no primeiro lugar da chave. Também nesta quinta, em jogo marcado por tensões políticas, Hong Kong recebeu a China e os dois rivais ficaram no 0 a 0. Hong Kong tem 14 pontos, mas só joga mais uma vez. Já a China tem 11 e só pode chegar a 17.

Nesta etapa das Eliminatórias da Ásia, 40 times foram divididos em oito grupos. Avançam para a fase final o primeiro colocado de cada grupo, mais os quatro melhores segundos colocados. Se quiser ficar com uma dessas vagas e seguir sonhando com voltar à Copa, a China tem que vencer os dois jogos de março: contra Maldivas e Catar, ambos em casa.

Se a China se complicou, os demais cabeças de chave podem não ter ainda garantido a classificação, mas estão com ela encaminhada. Pelo Grupo E, o Japão ganhou do Camboja por 2 a 0, com gols de Khuon Laboravy (contra) e Honda, e alcançou os 16 pontos. A Síria alcançou 15 ao ganhar de Cingapura por 2 a 1, também fora de casa. Em março, pela última rodada, Japão e Síria se enfrentam em solo japonês. Antes, o Japão recebe o Afeganistão e a Síria encara o Camboja em casa.

A Coreia do Sul teve um dia tranquilo e fez 5 a 0 em Laos, fora de casa, com dois de Heung-Min Son (do Tottenham) e outros dois de Sung-Yong Ki (do Swansea). Os sul-coreanos têm 100% de aproveitamento e 18 pontos, mas não podem ainda comemorar a vaga porque o Kuwait, com sua federação suspensa pela Fifa, teve seu jogo desta quinta-feira contra Mianmar adiado. Qualquer empate em março, contra Líbano e Kuwait, em casa, classifica a Coreia.

Pelo Grupo D, o Irã também goleou, fazendo 6 a 0 em Guam. Com o resultado, chegou aos 14 pontos e assumiu a liderança. Omã, que até então estava na ponta, perdeu por 2 a 1 para o Turcomenistão, fora de casa, e estacionou em 11. Como os demais cabeças de chave, o Irã faz seus dois últimos jogos em casa, incluindo o confronto direto contra Omã.

A maior goleada do dia foi da Arábia Saudita, que fez 10 a 0 no Timor Leste, com direito a cinco gols de Mohammad Al Sahlawi. Com 16 pontos, a Arábia segue à frente dos Emirados Árabes Unidos, que foram a 13 com a vitória por 2 a 1 sobre a Malásia. Cabeça de chave, a seleção de Dubai joga em casa contra a Arábia Saudita na última rodada. Antes, recebe a Palestina, enquanto os sauditas encaram a Malásia.

Pelo Grupo B, a Austrália contou com três gols do veterano Tim Cahill, atualmente no Shanghai Shenhua, da China, para vencer Bangladesh por 4 a 0. Os australianos foram beneficiados por derrota da Jordânia para o Quirguistão, por 1 a 0, mais tarde, e assumiram a liderança da chave, com 15 pontos, contra 13 dos jordanianos. Nas últimas duas rodadas, a Austrália recebe Tajiquistão e Jordânia para selar a vaga.

Como a Indonésia foi desclassificada por sua federação estar suspensa, o Grupo F tem só quatro times. Nesta terça, o Iraque ganhou de 2 a 1 de Taiwan, fora de casa, e chegou aos oito pontos, contra 13 da Tailândia. Os iraquianos, entretanto, fazem ainda dois jogos em casa em março, recebendo Tailândia e Vietnã. Se ganhar ambos, avança de fase. A Tailândia joga por um empate no seu único compromisso.

No Grupo H, a Coreia do Norte segue bem e, nesta terça-feira, em casa, venceu o Bahrein, por 2 a 0, chegando aos 16 pontos. O Usbequistão joga mais tarde contra o Iêmen, fora, e se vencer alcança os 15, mas com um jogo a menos. A Coreia só faz mais uma partida, contra as Filipinas, fora de casa, na última rodada. O Usbequistão recebe Filipinas e Bahrein.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.