Catar também quer o brasileiro Dedé

O Catar parece mesmo disposto a importar o talento do futebol brasileiro. Além do atacante Aílton, o país fez proposta ao lateral-esquerdo Dedé para que ele seja naturalizado e defenda a seleção do Catar nas Eliminatórias da Copa de 2006.Primeiro foi Aílton, que revelou na terça-feira que estava estudando proposta do Catar. Segundo a imprensa alemã, a oferta árabe ao jogador do Werder Bremen e atual artilheiro do Campeonato Alemão seria de 1 milhão de euros, além de 400 mil euros anuais.Nesta quarta-feira, Dedé também admitiu ter sido procurado pelos dirigentes do Catar. ?Estou negociando com eles há um mês. Querem que eu jogue na seleção nacional?, afirmou o lateral de 25 anos, que defende atualmente o Borussia Dortmund.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.