Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Cavalieri critica juiz após ser expulso em derrota do Flu: 'Foi muito rígido'

Goleiro levou o vermelho em vitória do Goiás por 2 a 1, no Serra Dourada

Estadao Conteudo

14 de abril de 2017 | 10h02

O goleiro Diego Cavalieri, do Fluminense, considerou que o árbitro paulista Marcelo Aparecido de Souza foi muito rígido ao expulsá-lo ainda no primeiro tempo da partida contra o Goiás, nesta quinta-feira à noite, no Serra Dourada, válida pela quarta fase da Copa do Brasil. O time carioca perdeu de virada, por 2 a 1, e terá de reverter a vantagem dos goianos no confronto de volta, no Rio.

"É uma bola enfiada, o jogador (Carlos Eduardo) foi rápido, fui sair e acertei ele. Não vi o lance ainda, mas é tudo muito rápido, sei que foi do lado da área e a bola indo para fora. Creio que foi uma certa rigidez. O vermelho direto foi muito rígido", decretou Cavalieri, em entrevista ao canal Sportv.

O goleiro do time tricolor ainda se justificou usando uma mudança na regra, aprovada recentemente, segundo a qual o jogador poderia receber no máximo um cartão amarelo por uma falta dentro da área, diferentemente de uma infração cometida fora da área.

"Com a mudança da regra melhor fazer um pênalti do que uma falta. O pênalti é só amarelo. Foi uma falta no bico da área. Infelizmente acabou aconteceu o vermelho que foi prejudicial para a equipe. Talvez se fosse na área só dava o pênalti e não o vermelho", lamentou Diego Cavalieri.

O técnico Abel Braga avaliou que a expulsão de Cavalieri e a marcação de um pênalti inexistente para os goianos foram cruciais na derrota do Fluminense. Porém, o comandante elogiou a atuação do time e afirmou que a vaga para as oitavas de final da competição ainda não está definida.

"Estamos vivos. Eles tentaram de tudo, o rapaz até se jogou no lance do pênalti. Eu perdi os primeiros 90 minutos. Faltam os outros 90, mas agora vai ser na minha casa", lembrou o treinador, se referindo ao duelo de volta do mata-mata, na próxima quarta-feira, às 21h45, no Maracanã. Para avançar, basta ao time carioca vencer o Goiás pelo placar mínimo de 1 a 0, tendo em vista o maior peso do gol marcado fora de casa para efeito de desempate.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.