River Plate/Divulgação
River Plate/Divulgação

Cavenaghi anuncia aposentadoria do futebol aos 33 anos

Atacante é o décimo maior artilheiro da história do River Plate

O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2016 | 09h23

O atacante Fernando Cavenaghi, um dos dez maiores artilheiros da história do River Plate, anunciou a sua aposentadoria do futebol. "Hoje é um dia especial para mim. Com esta carta e um posterior vídeo, anuncio orgulhosamente o fim da minha carreira esportiva", disse o agora ex-jogador em texto publicado no site oficial do clube argentino.

Cavenaghi é o décimo maior artilheiro da história do River Plate com 112 gols marcados durante três passagens, entre 2002 e 2015, quando se despediu para fechar a sua carreira no APOEL, do Chipre - em abril, sofreu grave lesão no joelho, posteriormente rescindindo o seu contrato pelo clube, mas ainda assim sendo um dos artilheiros do campeonato nacional na temporada 2015/2016. Desde então, não entrou mais em campo.

"Estou muito feliz e orgulhoso de ter alcançado esse sonho de infância. Nem mesmo no melhor dos sonhos poderia ter imaginado viver tantas coisas emocionantes e especiais na minha vida, agradeço a Deus pela oportunidade que me deu de poder fazê-las e, principalmente, aproveitá-las", comentou o atacante formado nas divisões de base do River.

Pelo clube, Cavenaghi ganhou nove títulos, incluindo a Copa Libertadores de 2015. O ex-jogador, de 33 anos, aumentou a sua idolatria com os torcedores ao retornar ao River no pior momento da história da equipe, após o rebaixamento no Campeonato Argentino em 2011. Ele, então, foi campeão e artilheiro da segunda divisão em 2012.

"Obrigado, obrigado e muito obrigado a todos os torcedores 'milionários'. Muito orgulho de ser parte do Maior. Vocês se mostraram incondicionais até nos piores momentos. É lindo me aposentar e ver como o clube se encontra hoje. Sem dúvida, um antes e outro depois da barbárie", escreveu.

Cavenaghi teve uma passagem apagada pelo Internacional em 2011. Ele também defendeu Spartak Moscou, Bordeaux, Mallorca, Villarreal e Pachuca durante a sua carreira. Agora fará uma partida de despedida no Monumental de Núñez, a casa do River, em 2017, em data ainda a ser definida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.