Caxias derrota Marília por 4 a 2

O Marília perdeu para o Caxias por 4 a 2, entrou na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro e pode perder o treinador Flávio Lopes. Nesta terça-feira à noite o time até que criou bons lances, mas foi superado pelos gaúchos, que jogaram em casa e agora ocupam a 12ª colocação com sete pontos ganhos. O MAC é o 19º com apenas cinco. O fato de jogar fora de casa não intimidou o Marília, que criou duas chances de gol em um minuto e meio de jogo. Os dois laterais, Cássio e Jorginho, jogaram com liberdade, mas pecaram no momento da assistência e da conclusão. Incrivelmente, o Caxias recuou e os zagueiros desferiram chutões para a lateral ao menor sinal de perigo. A torcida, indignada com a atuação do time em casa, começou a vaiar. A resposta veio no campo. Aos 19 minutos, após cobrança de escanteio, Humberto completou de ´peixinho´ para inaugurar o marcador para o time gaúcho. Depois do gol, o time do Caxias evoluiu e explorou a fragilidade defensiva do MAC. Só que a cena se inverteu, mesmo não estando em um bom momento no jogo, o Marília conseguiu o empate. Aos 33 minutos, Cássio cruzou da esquerda para Ânderson Lobão cabecear no canto direito do gol de Luiz Müller. Ainda no final da primeira etapa o Marília voltou a dominar os espaços no campo, mas o empate persistiu. No segundo tempo o jogo tirou o fôlego da torcida. Logo aos 3 minutos, Jajá simulou falta dentro da área. O árbitro Luiz Orlando de Souza marcou penalidade e Samuel converteu, depois de chutar no meio do gol. Cinco minutos depois o Marília chegou ao empate com o zagueiro Vladimir, cabeceando no canto direito do gol. Mas aos 11 minutos, Jajá chutou de primeira na entrada da área e recolocou o time gaúcho na frente. Aos 45, Jajá escapou em contra-ataque e aproveitou a saída precipitada do goleiro para marcar por cobertura. Os times voltam a campo dia 5, às 16 horas. O Marília recebe o São Raimundo, enquanto o Caxias viaja até o Distrito Federal para enfrentar o Brasiliense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.