Bruno Cantini/ Atlético-mG
Bruno Cantini/ Atlético-mG

Cazares e Otero furam 'quarentena' e Atlético-MG reforça pedido de isolamento

Vídeos mostram os jogadores disputando uma "pelada" em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte

Redação, Estadão Conteúdo

06 de maio de 2020 | 20h44

O Atlético Mineiro se manifestou nesta quarta-feira após o equatoriano Cazares e o venezuelano Otero terem sido flagrados desrespeitando a determinação de isolamento social na noite de terça. Vídeos mostram os jogadores estrangeiros disputando uma "pelada" em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O clube reforçou que orienta o elenco a não sair de casa durante o período da quarentena. E avisou que Cazares e Otero precisarão ser submetidos a testes do coronavírus antes da volta do Atlético-MG aos treinos, em data ainda indefinida.

"A recomendação passada pelo departamento médico do clube foi para ficarem em casa. Ambos serão orientados novamente e se submeterão aos testes antes da volta aos treinos, que continua sem data estabelecida", afirmou o Atlético-MG através da assessoria de imprensa.

No vídeo divulgado nas redes sociais, Otero faz um gol e depois abraçou um companheiro de time, ação não recomendada pelas autoridades sanitárias. E a presença do venezuelano e de Cazares na "pelada" foi criticada pelo lateral-direito Guga, companheiros de ambos no Atlético-MG. "É complicado, porque a gente está vivendo um momento difícil no mundo inteiro e não é um exemplo a ser seguido", disse o defensor em entrevista à Band Minas.

Em função do surto de coronavírus, o Atlético não disputa uma partida desde 14 de março. Ainda não há data para a retomada dos treinamentos pela equipe, embora o presidente Sergio Sette Câmara tenha indicado que isso deva ocorrer ainda em maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.