Divulgação/ Atlético Mineiro
Divulgação/ Atlético Mineiro

Cazares marca no final e garante empate do Atlético-MG com o Tupi por 1 a 1

Empate suado fora de casa manteve equipe na terceira colocação com 12 pontos

Estadão Conteúdo

25 de fevereiro de 2018 | 19h34

O Atlético Mineiro segue com seu desempenho cambaleante nesta temporada de 2018. Neste domingo, o time comandado pelo ainda interino Thiago Larghi sofreu para empatar com o Tupi por 1 a 1, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG), pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. A igualdade no placar só veio com o gol do meia equatoriano Cazares, aos 41 minutos do segundo tempo.

+ TEMPO REAL - Tupi 1 x 1 Atlético Mineiro

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Mineiro

O empate suado fora de casa manteve o Atlético Mineiro na terceira colocação. Tem 12 pontos, mas com a companhia de Tombense e Patrocinense - o time de Belo Horizonte leva vantagem no saldo de gols. O vice-líder é o América-MG, com 14, e a ponta, já com a vaga nas quartas de final garantida de forma antecipada, é do Cruzeiro, com 22.

Na briga para ficar entre os oito melhores e avançar às quartas de final, o Tupi desperdiçou a chance de ficar mais tranquilo na tabela de classificação. O empate em casa deixa o clube de Juiz de Fora em sétimo lugar com 10 pontos, apenas um na frente de Villa Nova, URT e Caldense, que estão imediatamente abaixo.

Neste meio de semana, o Atlético Mineiro volta as suas atenções para o início da terceira fase da Copa do Brasil. Pela rodada de ida, nesta quarta-feira, às 21h45, enfrenta o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Pela nona rodada do Estadual, no domingo, às 11 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, fará o clássico contra o Cruzeiro. O Tupi jogará no sábado, às 16 horas, novamente em casa, contra o Boa.

Em campo, o Atlético Mineiro começou melhor e antes dos 10 minutos teve três chances para marcar o gol - duas com o centroavante Ricardo Oliveira e uma com o atacante Roger Guedes. Mas foi o Tupi que conseguiu balançar as redes primeiro. Em jogada na intermediária, aos 16, Vitinho pegou uma bola espirrada, arriscou um chute cruzado e rasteiro de perna esquerda e bola entrou no canto esquerdo do goleiro Victor.

Com o gol, o Tupi desestabilizou o rival e conseguiu trocar passes no meio de campo para achar espaços. O Atlético Mineiro, apesar de ter a bola por mais tempo, sofria até para finalizar. Só no segundo tempo que as coisas para os atleticanos melhoraram e algumas chances foram criadas, mas nada que incomodasse tanto o goleiro Vilar.

Na tática do contra-ataque, o Tupi assustou o Atlético Mineiro e quase marcou o segundo, mas Victor teve tempo de fazer a defesa em chute de Léo Costa. Já o time atleticano melhorou com as mudanças de Thiago Larghi, que promoveu as entradas de Luan, Cazares e Otero. E o castigo para os donos da casa veio aos 43 minutos, com o meia equatoriano acertando um chute de longe no canto direito de Vilar.

Tudo o que sabemos sobre:
Atlético Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.