Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Cazares promete ano menos instável no Atlético-MG: 'Me preparando melhor'

Equatoriano reconheceu que poderia ter rendido mais no último ano

Estadão Conteúdo

08 Janeiro 2018 | 18h14

O meia-atacante Cazares chegou como grande promessa ao Atlético Mineiro, mas teve dificuldade para engrenar uma sequência de boas atuações. Algo que, segundo o próprio equatoriano, pode mudar para 2018.

+ Atlético-MG confirma contratação do zagueiro Iago Maidana, ex-São Paulo

Nesta segunda-feira, durante uma entrevista coletiva, Cazares reconheceu que poderia ter rendido mais no último ano. Confiante em se estabelecer no time, ele revelou até que está mais preparado à próxima temporada.

"Estou me preparando melhor do que no ano passado. Estou feliz, tranquilo, esperando dar a resposta para ele (o técnico Oswaldo de Oliveira), para o time e para a torcida. Estou me preparando bem e espero continuar o ano em boa forma, com boas partidas", comentou o meia-atacante, reconhecendo que poderia ter rendido mais.

"Sempre quero dar mais. Nunca posso me conformar, sempre quero mais. Às vezes, as coisas não saem, mas é importante ficar tranquilo. Espero dar um pouco mais do que no ano passado e tratar sempre de melhorar as coisas", acrescentou.

Apesar de confiante, Cazares ponderou que é impossível ser regular durante toda uma temporada. "Nenhum jogador tem regularidade durante um ano todo. Ninguém vai fazer 70 partidas boas. Algumas vão ser boas, outras não. Mas é preciso sempre ter o nível alto e fazer as coisas bem. Quero ter um ano melhor."

Cazares falou ainda sobre a possibilidade de atuar mais centralizado na linha ofensiva do meio-campo, posição onde tem treinado neste início de temporada e onde ele próprio prefere jogar. "Estou treinando assim e espero continuar pelo meio. Mas, se tiver de jogar pelo lado, vamos também tentar fazer o melhor", finalizou.

Mais conteúdo sobre:
Atlético Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.