CBF afasta dois assistentes por erros na rodada

O presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF, Sérgio Corrêa, anunciou nesta segunda-feira que afastou os auxiliares envolvidos em lances polêmicos nas partidas entre Atlético Paranaense x Palmeiras e Santo André x Sport, respectivamente Guilherme Dias Camilo e Aparecido Donizetti Santana.

BRUNO LOUSADA, Agencia Estado

22 de junho de 2009 | 21h03

Antes mesmo de o Palmeiras formalizar uma reclamação, Camilo foi punido por 30 dias. O bandeira errou ao anular gol legítimo do atacante Obina, sábado, na Arena da Baixada, no empate por 2 a 2 - ele assinalou um impedimento inexistente.

Corrêa aplicou a mesma punição ao auxiliar Aparecido Donizetti Santana. Este validou um gol irregular marcado pelo zagueiro Marcel, do Santo André, aos 48 minutos do segundo tempo, no ABC paulista. O defensor estava em posição de impedimento. Com isso, o time da casa venceu o Sport, por 2 a 1, também no sábado.

"Erros de desatenção não são toleráveis. Eles não são novos e não existe desculpa", repreendeu o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.