CBF: balanço sobre plano de modernização

A diretoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) convidou a imprensa para apresentar um balanço do Plano de Modernização do Futebol Brasileiro, que vem sendo preparado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) há três anos e meio. Por 40 minutos, diretores da FGV expuseram os planos e projetos que não têm prazo definido para conclusão. O custo da parceria não foi revelado. Em meio à projeção de slides sobre a reestruturação do futebol do País, com propostas de novos modelos de gestão, de novo funcionamento da Justiça Esportiva e aprimoramento do sistema nacional de Arbitragem, um repórter questionou os expositores sobre a exclusão do Comitê de Imprensa da CBF no Plano de Modernização - desde que a entidade trocou de sede, deixando o centro do Rio e instalando-se na Barra da Tijuca, em 2002, os jornalistas perderam o tradicional espaço físico na CBF, do qual transmitiam informações para todo Brasil. A FGV explicou que a iniciativa não partira da fundação e era uma decisão da própria CBF - o que foi confirmado pela Assessoria de Imprensa da entidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.