Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

CBF cassa liminar do Flamengo e Lusa corre risco de voltar à Série B

Entidade consegue reestabelecer resultado do julgamento do STJD no final do ano que definiu punição ao clube carioca

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

20 de janeiro de 2014 | 21h00

SÃO PAULO - A CBF conseguiu derrubar a liminar que invalidava a decisão do STJD em relação à retirada de quatro pontos do Flamengo no Tribunal de Justiça de São Paulo. Com isso, volta a valer a decisão do STJD que puniu o clube carioca pela escalação irregular do lateral André Santos. A liminar havia sido concedida pela 42ª Vara Cível de São Paulo, pelo juiz Marcello do Amaral Perino, depois de uma ação movida pelo advogado Luiz Paulo Pieruccetti Marques.

Embora não modifique a lista dos clubes rebaixados - Flamengo terminou na posição intermediária -, a decisão traz riscos à Portuguesa. Agora, a CBF tenta derrubar a liminar em favor do clube paulista, que foi concedida pelo mesmo juiz, no mesmo local, também no dia 10 de janeiro, em ação do advogado Daniel Neves. O movimento "Todos Vamos à Luta", organizado para prestar assistência jurídica aos torcedores interessados em entrar na justiça em favor da Lusa, avalia que a tendência é que todas as liminares sejam cassadas.

Para derrubar as liminares na Justiça paulista, a CBF contratou o escritório do advogado e candidato à presidência do São Paulo, Carlos Miguel Aidar. A entidade entrou com um agravo de instrumento na semana passada e a decisão redigida pelo relator Dacio Tadeu Viviani Nicolau, da 3ª Câmara de Direito Privado, foi divulgado nesta segunda-feira no site do TJ-SP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.