Paulo Vitor/AE
Paulo Vitor/AE

CBF confirma amistosos do Brasil contra Irã e Ucrânia

Iranianos duelarão contra os brasileiros no dia 7, em Abu Dabi; rival do dia 11 será a Ucrânia, na Inglaterra

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2010 | 18h32

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou nesta segunda-feira os adversários que a seleção brasileira enfrentará nos amistosos programados para o mês de outubro. No dia 7, o jogo será contra o Irã, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. E no dia 11, o Brasil enfrenta a Ucrânia, em Derby, na Inglaterra.

A convocação para esses dois amistosos já tinha sido feita pelo técnico Mano Menezes na semana passada, quando ele chamou 23 jogadores. Mas restava definir os adversários, sob risco de o Brasil perder outra oportunidade de jogar - no começo de setembro, a seleção passou uma semana apenas treinando em Barcelona.

Apesar da dificuldade para encontrar adversários para os amistosos do Brasil, a CBF conseguiu fechar contrato com Irã e Ucrânia, com quem a seleção brasileira nunca jogou em sua história. Assim, o time jogará em Abu Dabi numa quinta-feira e voltará a campo na segunda na Inglaterra - Derby foi escolhida por ter grande número de imigrantes ucranianos.

Até agora, a seleção brasileira realizou apenas um amistoso sob o comando de Mano Menezes, que assumiu o cargo após a Copa do Mundo na África do Sul. Foi no dia 10 de agosto, quando o Brasil venceu os Estados Unidos por 2 a 0, em Nova Jersey (EUA). Depois, tinha a chance de jogar duas vezes na primeira semana de setembro, mas ficou apenas treinando.

Para enfrentar Irã e Ucrânia, que ocupam respectivamente o 57º e o 26º lugares no ranking de seleções da Fifa, Mano Menezes convocou um grupo com cinco novatos - Neto, Mariano, Wesley, Elias e Giuliano. Outro destaque da lista foi a ausência do atacante Neymar, que ficou de fora depois da polêmica em que se envolveu no Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.