Kirill Kudryavtsev/AFP
Kirill Kudryavtsev/AFP

CBF confirma cortes de Hulk e Adriano de amistoso contra Colômbia nos EUA

Atacante do Zenit e lateral-direito do Barcelona sofreram lesões musculares em seus clubes

AE, Agência Estado

07 de novembro de 2012 | 20h21

RIO - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou apenas no final da tarde desta quarta-feira os cortes do lateral-esquerdo Adriano e do atacante Hulk, que sofreram contusão no último fim de semana. Assim, os dois desfalcam a seleção brasileira no amistoso contra a Colômbia, na próxima quarta, em Nova Jersey, nos Estados Unidos.

Em curto comunicado, a CBF revela que recebeu o laudo médico dos dois jogadores, enviado por seus clubes na Europa, e que, após a análise, pôde confirmar o corte de ambos. Não ficou claro, porém, se o técnico Mano Menezes vai convocar algum substituto - a tendência é de que não seja chamado ninguém, pois não haveria tempo hábil.

Adriano sofreu lesão muscular na coxa direita no último sábado, durante a vitória do Barcelona sobre o Celta, pelo Campeonato Espanhol, e precisará ficar cerca de três semanas em tratamento médico. E Hulk também teve uma contusão muscular, ao defender o Zenit na sexta-feira passada, em jogo contra o Rostov, pelo Campeonato Russo - o exame do atacante, no entanto, só foi realizado na segunda-feira, quando ficou confirmado que ele ficará duas semanas afastado.

Hulk e Adriano deveriam ser titulares no amistoso. Agora, o lateral-esquerdo Fábio Santos, do Corinthians, ocupará a vaga na defesa. Para o ataque, Mano Menezes pode manter o esquema tático, abrindo espaço para Lucas no time, ou ainda apostar num centroavante fixo como Leandro Damião.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.