CBF confirma doping de goleiro do Atlético-PR

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou nesta quinta-feira a presença de cocaína nos exames de prova e contraprova realizados pelo goleiro Rodolfo, do Atlético-PR, após a partida contra o CRB, no dia 9 de junho, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pelo Campeonato Brasileiro da Série B.

AE, Agência Estado

26 de julho de 2012 | 13h48

A confirmação veio através de nota publicada no site oficial da CBF e assinada por Fernando Anontio Gaya Solera, presidente da Comissão de Controle de Doping.

Rodolfo, de 21 anos, já está suspenso preventivamente por 30 dias pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva e terá cinco dias para apresentar sua defesa. Seu julgamento deve ser marcado para agosto e pode lhe render dois anos de gancho.

O goleiro é o segundo jogador do Atlético-PR envolvido em consumo de cocaína em menos de um ano. Em 2011, o atacante colombiano Santiago "Morro" García teve a substância detectada num exame realizado quando ainda defendia o Nacional, do Uruguai, seu clube anterior, e foi suspenso por dois anos do futebol uruguaio. A punição não é valida para o futebol brasileiro, e o jogador ainda faz parte do elenco da equipe paranaense.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-PRRodolfodoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.