L.Adolfo/Estadão
L.Adolfo/Estadão

CBF decreta luto de 3 dias pela morte de Djalma Santos

Todos os jogos desta quarta até domingo terão 1 minuto de silêncio

AE, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 12h04

RIO - A morte de Djalma Santos fez com que a CBF decretasse luto oficial de três dias, como foi comunicado em nota oficial no site da entidade nesta quarta. Um dos maiores laterais da história do futebol mundial, o ex-jogador não resistiu a um quadro de pneumonia grave e instabilidade hemodinâmica culminando com parada cardiorrespiratória, e faleceu na última terça-feira.

Em homenagem ao ex-jogador, a CBF decretou ainda que será respeitado um minuto de silêncio em todos os jogos das competições organizadas pela entidade nos próximos três dias. Djalma Santos marcou época com as camisas de Palmeiras, Portuguesa e Atlético-PR, além da seleção brasileira, pela qual conquistou as Copas do Mundo de 1958 e 1962.

O corpo do ex-lateral seria velado na manhã desta quarta-feira, na Câmara Municipal de Uberaba, em Minas Gerais. O enterro está marcado para as 16 horas, no Cemitério São João Baptista, também na cidade mineira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCBFDjalma Santosluto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.