CBF deve reconhecer Liga nesta 4ª

O presidente em exercício da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Sebastião Bastos, fala nesta quarta-feira sobre a concessão do registro para a criação da Liga Nacional de Clubes. O assessor jurídico da nova entidade, Celso Rodriguez, esteve nesta terça-feira na sede da CBF, no Centro, e entregou os documentos necessários para a regularização da Liga. A tendência é a de que Bastos informe nesta quarta-feira a concessão do registro daLiga, já que os clubes brasileiros, reunidos na segunda-feira em São Paulo, optaram por se submeter às exigências da CBF. O estatuto da novaentidade a ser criada foi modificado sob a promessa de que a partir de 2003 o Campeonato Brasileiro passará a ser organizado pela Liga, sem a intervenção da CBF. Um dos principais itens modificados foi o que exigia o direito de voto à Liga na Assembléia Geral da CBF. Os dirigentes dos clubes brasileirosalegaram que mudaram de opinião porque não poderiam ficar ?à margem do sistema? e sem o reconhecimento da Fifa (a entidade máxima do futebol estabelece que qualquer Liga precisa ser reconhecida pela entidade máxima nacional, no caso brasileiro, a CBF). Apesar do recuo dos participantes da Liga, eles vão co-elaborar o Campeonato Brasileiro deste ano. A CBF fica encarregada da parte jurídica, registro de jogadores e arbitragens. Pelo menos por enquanto, a Liga exercerá o mesmo papel antes exercido pelo Clube dos 13, segundoo presidente da Comissão de Reestruturação do Futebol Brasileiro e da Federação Estadual Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.