CBF divulga calendário e reserva período para pré-temporada em 2015

Entidade se adianta e organiza todas as datas prévias para o futebol brasileiro do próximo ano com algumas mudanças importantes 

O Estado de S. Paulo

06 de agosto de 2014 | 16h25

Atualizada às 18h50

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quarta-feira o calendário do futebol para o ano que vem, com cinco meses de antecipação. Entre as novidades, a principal delas é um período de 25 dias reservado para os clubes realizarem uma pré-temporada - entre 7 e 31 de janeiro de 2015. Este tempo, no entanto, não bate com o que foi proposto pelo movimento Bom Senso FC, que é de 30 dias. O cronograma garante ainda um período de férias de 30 dias, entre 8 de dezembro deste ano e 6 de janeiro.

Assim, os campeonatos estaduais começarão somente em fevereiro, com 19 datas reservadas nas localidades que não têm outras competições, como a Copa do Nordeste e a Copa Verde (clubes do Norte, Centro-Oeste e Espírito Santo) - estes torneios terão 12 e 15 datas, respectivamente, para os estaduais. O Campeonato Brasileiro e a Série B terão início em maio (no fim de semana dos dias 9, 10 e 11), como aconteceu nos anos anteriores - com exceção de 2014, que começou em abril por causa da disputa da Copa do Mundo.

De acordo com a CBF, o Brasileirão - que terminará no dia 6 de dezembro - terá ajustes de datas para que os jogos não coincidam com as partidas previstas para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Estes duelos acontecerão a partir do segundo semestre e os clubes da Série A terão um período de 10 dias sem jogos em setembro e outubro por causa da seleção. O mesmo não valerá para novembro, já na reta final do torneio nacional, já que a data Fifa será de amistosos.

No entanto, a entidade não informou em seu comunicado do calendário de 2015 que um dia após a realização do segundo jogo da data Fifa nas Eliminatórias da Copa, marcado para uma terça-feira, está prevista uma rodada do Brasileirão. Assim, com pouco tempo entre a partida da seleção e a do clube no Nacional, será difícil o jogador chamado por Dunga ter condições de atuar pela sua equipe.

Antes das Eliminatórias, a seleção brasileira disputará a Copa América, no Chile, de 11 de junho a 4 de julho. Neste período de 24 dias, no entanto, o Brasileirão não será paralisado. Contando com o tempo de preparação para a competição sul-americana, os clubes que tiverem atletas convocados ficarão desfalcados em sete rodadas do torneio nacional.

A CBF informou ainda que outro calendário deve ser divulgado em breve para as competições de categoria de base e futebol feminino.

Tudo o que sabemos sobre:
CBFfutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.