Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

CBF divulga preços dos ingressos para jogo da seleção com a Venezuela

Bilhetes para partida no Castelão vão de R$ 35,00 a R$ 300,00

O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2015 | 17h22

A CBF divulgou nesta sexta-feira o preço dos ingressos para o jogo da seleção brasileira contra a Venezuela, no Castelão, pela segunda rodada das Eliminatórias. A partida será disputada em 13 de outubro, às 22 horas. No entanto, a confederação ainda não deu detalhes sobre os procedimentos para a compra dos bilhetes nem sobre os pontos de venda. Para isso, o torcedor terá de esperar até a próxima semana. A carga também não foi anunciada.

Os preços são os seguintes: Arquibancada Superior: R$ 70,00 inteira e R$ 35,00 meia; Arquibancada Inferior: R$ 100,00 inteira e R$ 50,00 meia; Setor Premium: R$ 180,00 inteira e R$ 90,00 meia; e Camarotes: R$ 300,00 inteira e R$150,00 meia.

A última partida da seleção brasileira no Castelão aconteceu em 4 de julho do ano passado, durante a Copa do Mundo. O Brasil venceu a Colômbia por 2 a 0 e passou para as semifinais. Naquele jogo, Neymar foi atingido por Zuñiga e sofreu a contusão que o tirou do Mundial. Antes, na primeira fase, a seleção havia empatado com o México por 0 a 0.

Neymar poderá desfalcar a seleção contra a Venezuela se a Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) mantiver a punição aplicada a ele pela Conmebol por sua expulsão após o jogo contra a Colômbia pela Copa América, em junho passado. Nesse caso, o craque cumpriria a quarta e última partida de suspensão.

Mas a CBF espera que a pena seja reduzida em pelo menos uma partida. Se isso ocorrer, a entidade fará um pedido especial ao Barcelona para liberar Neymar para a seleção. Por enquanto, ele não está convocado nem para o Chile contra o Chile, dia 8, na estreia nas Eliminatórias nem, evidentemente, para o duelo com os venezuelanos.

Tudo o que sabemos sobre:
seleçãoCBFNeymar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.