CBF diz que não reconhece as Ligas

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) explicou, em um comunicado, que está respaldada na Lei nº 9.615/98 (Lei Pelé) para não aceitar os campeonatos organizados pelas Ligas. Por isso, a entidade informou que não vai aceitar ou reconhecer qualquer competição que sejam organizadas pelas Ligas. De acordo com o documento, a Liga do Nordeste conseguiu uma liminar na Justiça Comum, obrigando a CBF reconhecer seu campeonato, com base no parágrafo 5º, do art. 20, da Lei Pelé. Este tópico estabelece que as Ligas possuem autonomia para organizarem suas competições. Em contrapartida, a CBF diz que não vai se opor nem obstruir a organização de competições regionais pelas Ligas, mas deixou claro que não "pretende oferecer subsídios para a sua realização". "As ligas, portanto, podem organizar campeonatos independentes, só que o terão de fazer através dos seus próprios meios, pois a "Lei Pelé", da mesma forma que garante autonomia às ligas, não obriga a CBF a viabilizar os campeonatos organizados pelas ligas", diz um trecho do documento. "Nem, tampouco, está a CBF compelida a integrar qualquer liga no sistema de futebol brasileiro por ela dirigido." A CBF finaliza o documento dizendo que qualquer disputa organizada pelas Ligas não será incluída no calendário oficial da entidade. E lembrou que também não serão reconhecidos pela Fifa ou pela Conmebol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.