Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

CBF e clubes devem adotar duas datas de transferências até o fim do ano

Início da primeira janela deve ter abertura no fim de julho, enquanto a segunda poderá ser em meados de setembro

Redação, Estadao Conteudo

24 de junho de 2020 | 20h20

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e os clubes se reuniram, nesta quarta-feira, em uma videoconferência na qual a pauta eram as janelas de transferências até o final do ano. A ideia é que o futebol nacional tenha duas datas para as negociações.

As datas específicas não foram definidas, mas é muito provável que o início da primeira janela tenha abertura no fim de julho até o fim de agosto, enquanto a segunda poderá ser em meados de setembro até outubro.

Com isso, a CBF espera ajudar os clubes a conseguirem bons negócios para poderem superar os problemas causados pela pandemia do coronavírus na economia. Muitas agremiações estão passando por dificuldades pela falta de receita neste período sem jogos.

Em São Paulo, Aildo Rodrigues, secretário de Esportes do Estado, afirmou na manhã desta quarta-feira que o retorno do Campeonato Paulista deve acontecer entre o fim de julho e o início de agosto. Ele também confirmou que os clubes da competição poderão iniciar os treinos presenciais a partir do dia 1º de julho. A medida já havia sido anunciada pelo governador João Doria, mas havia possibilidade de ser adiada devido à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.