CBF lança camisa azul inspirada no título do Mundial de 1958

Camisa comemorativa, que custará cerca de R$ 250, será utilizada no amistoso contra a Suécia em março

Rodrigo Viga Gaier, REUTERS

21 de janeiro de 2008 | 13h15

Sergio Moraes/Reuters  Dois grandes nomes do futebol brasileiro, Zito (esquerda) e Djalma Santos, exibem a nova camisa RIO -  A nova camisa número 2 da seleção brasileira, apresentada nesta segunda-feira, homenageia o time campeão do mundo em 1958 vestido de azul. Veja também: Você gostou da camisa número 2 da seleção brasileira?   O uniforme foi inspirado no modelo da histórica vitória sobre a Suécia, em Estocolmo, por 5 x 2, no dia 29 de junho de 1958. A cor amarela nos nomes e números dos atletas é a maior referência ao uniforme original. As barras da camisa também têm detalhes amarelos, e a gola é em V. "Essa camisa é sensacional. A diferença é que a nossa quando molhava pesava dois quilos", observou o ex-lateral Djalma Santos, que levou para o evento de apresentação a camisa usada na final de 1958. Ao lado de Zito, os dois campeões lembraram que a camisa azul da final na Suécia foi comprada às pressas, após os donos da casa, que também jogavam de amarelo, terem vencido o sorteio para escolha do uniforme. Na última hora, o massagista e o médico da seleção foram os designados para bordar os números dos jogadores, com linha amarela e com números formados através de camisas amarelas recortadas. "Foi um trabalho grosseiro do pessoal que não entendia nada de costura, mas falamos que estava espetacular para não deixar ninguém insatisfeito", contou Djalma Santos. Sergio Moraes/Reuters  Djalma Santos segura a camisa original com a qual foi campeão mundial em 1958  

Tudo o que sabemos sobre:
CBFseleção brasileirauniforme

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.