CBF libera jogadores para as finais

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, afirmou que não serão convocados para a seleção brasileira que disputa a Copa das Confederações os jogadores cujos times estiverem nas finais dos campeonatos estaduais, da Copa do Brasil ou da Taça Libertadores. Ou seja, a comissão técnica da seleção está impedida de chamar todos os atletas das principais equipes brasileiras.Assim, a lista de 35 nomes, que será anunciada hoje ou amanhã, deve contar com uma maioria de jogadores de clubes estrangeiros. Entre os atletas que ficarão de fora estão Romário, Juninho Paulista e Euller, do Vasco; Ricardinho e Ewerthon, do Corinthians; Edílson, do Flamengo; Robert, do Santos; e Rogério Ceni, do São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.