CBF libera Juninho para atuar no Lyon

A crise do Vasco foi agravada, nesta segunda-feira, com a a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de conceder o atestado liberatório para que o meia Juninho Pernambucano possa atuar no Lyon, da França, com quem assinou contrato de cinco anos. O jogador está disputando a posse de seu passe com o clube carioca na Justiça e, até o momento, todas as decisões foram favoráveis ao atleta. "Não me interessa o que o Vasco diz. Toda essa briga foi a única opção que me restou", disse Juninho.Ao liberar o atleta, a CBF frisou em seu texto que a decisão é provisória, pois "foi emitido por uma determinação liminar da Justiça do Brasil". O Vasco já deu entrada na Fifa com uma queixa contra o atleta e o clube francês.Os jogadores do Vasco se reapresentaram, nesta segunda-feira, ao técnico Joel Santana, que continua no cargo. Irritados com o desempenho de alguns jogadores, integrantes das torcidas organizadas do clube se reuniram hoje à noite com o presidente Eurico Miranda. Apesar do apelo do atacante Romário, o dirigente vascaíno não liberou à imprensa o acesso ao clube.

Agencia Estado,

04 de junho de 2001 | 19h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.