CBF mantém última rodada do Brasileirão sem clássicos

O conselho técnico do Campeonato Brasileiro, reunido nesta segunda-feira na sede da CBF, no Rio, decidiu pela manutenção do formato sem os clássicos na última rodada do torneio. Em 2014, mais uma vez falou-se bastante da possibilidade de um time "entregar" um jogo para prejudicar um rival, hipótese que não se efetivou. O Santos, por exemplo, ganhou do Vitória e salvou o Palmeiras do rebaixamento.

Estadão Conteúdo

02 Março 2015 | 17h53

Por unanimidade, os presidentes dos 20 clubes da Série A do Brasileirão optaram por não voltar ao formato que deixava os clássicos para a última rodada. Assim, a 38.ª jornada do Brasileirão terá apenas jogos entre times de estados diferentes. Só duas partidas vão ter confrontos de equipes chamadas "grandes": Flamengo x Palmeiras e Inter x Cruzeiro.

A tabela do Brasileirão, anunciada nesta segunda-feira, prevê cinco rodadas durante o período de realização da Copa América: da sétima à 11.ª. Neste meio tempo, serão realizados dois clássicos paulistas: Santos x Corinthians (oitava rodada) e Palmeiras x São Paulo (nona rodada), além de Vasco x Flamengo.

O Santos é quem terá, no período, o calendário de jogos teoricamente mais difícil, uma vez que vai jogar só contra grandes: Atlético-MG, Corinthians, Inter, Fluminense e Grêmio. Os mineiros Atlético e Cruzeiro se enfrentam em 7 de junho, já sem os jogadores que vão disputar a Copa América.

Mais conteúdo sobre:
futebol Brasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.