CBF pode demitir diretor-técnico

Causou mal-estar na CBF a presença do diretor-técnico da entidade, Virgílio Elíseo, nesta segunda-feira, em Curitiba, na reunião dos representantes da Liga de Futebol, ao lado do ministro dos Esportes, Carlos Melles. A cúpula da CBF está em desavença com Melles, por causa da CPI do Futebol, e ignorava a participação de Elíseo no encontro. O fato poderá ameaçar a permanência de Elíseo no cargo de diretor-técnico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.