Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

CBF quer Mundial Sub-20 no Nordeste caso Brasil seja eleito como sede pela Fifa

Afirmação foi feita pelo secretário-geral da CBF, Walter Feldman, nesta quarta-feira, durante o evento "Brasil Futebol Expo"

Gonçalo Junior, Estadao Conteudo

04 de setembro de 2019 | 18h10

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, afirmou nesta quarta-feira que a região Nordeste será a sede do Mundial Sub-20, que será realizada em 2021, caso o Brasil seja escolhido como anfitrião. Os estados da região que receberiam os jogos não foram divulgados pelo dirigente.

A afirmação foi feita durante o evento "Brasil Futebol Expo", feira de cursos, palestras e negócios que a entidade realiza em São Paulo nesta semana para capacitar universitários e profissionais do futebol. De acordo com a entidade, o evento é a "maior feira sobre futebol da América Latina".

Nesta quarta-feira, a Fifa divulgou que três candidaturas estão sendo analisadas para o Mundial Sub-20. Além do Brasil, concorrem Peru e Indonésia. A decisão será tomada em outubro deste ano, durante reunião do Conselho da Fifa na China.

Neste ano, o Brasil receberá o Mundial Sub-17, que será disputada entre outubro e novembro em Brasília, Goiânia e Cariacica (ES). Além do torneio sub-20, o País também quer ser a sede do próximo Mundial Feminino, em 2023.

O dirigente também destacou o bom momento do futebol brasileiro, exemplificando com a chegada de jogadores renomados para a disputa das competições locais como Dani Alves (São Paulo), Rafinha (Flamengo), Filipe Luís (Flamengo), Ramires (Palmeiras), Juanfran (São Paulo) e companhia.

"Temos uma capacidade de exportação e também de importação, algo novo, os craques que fizeram sucesso internacional e estão sendo resgatados. O símbolo maior é o Daniel Alves, jogando aqui dentro e encantando as nossas torcidas", afirmou Walter Feldman.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.