CBF recorre ao STJ mais uma vez

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ajuizou hoje, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ação com pedido de liminar com o objetivo de suspender os efeitos da decisão da 4ª Vara Federal de Belém, que assegurou, pela segunda vez , a inclusão do Clube Remo no campeonato brasileiro deste ano. A Ação da 4ª Vara determina que a participação do Remo é assegurada sob pena de pagamento de uma multa de R$ 20 milhões imputada à CBF. O exame do pedido de liminar será feito pelo vice-presidente do STJ, minitro Nilson Naves.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.