Mauro Horita/CBF
Mauro Horita/CBF

CBF revela seis casos de coronavírus na seleção brasileira sub-17

Matheus Nascimento (atacante do Botafogo), Sávio (atacante do Atlético-MG), Rômulo (zagueiro do Atlético-MG), Ângelo (meia-atacante do Santos) e Arthur (meia do Fluminense) contraíram a doença

Redação, Estadão Conteúdo

13 de novembro de 2020 | 19h14

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) revelou, nesta sexta-feira, que seis jogadores da seleção brasileira sub-17 foram diagnosticados com coronavírus, após exames realizados na quinta-feira. A delegação está em período de treinamento na cidade de Itu, interior de São Paulo.

Com isso, o jogo-treino, previsto para esta sexta-feira, na Grana Comary, diante da equipe sub-20 do XV de Piracicaba foi adiado. Entre os jogadores infectados estão: Matheus Nascimento (atacante do Botafogo), Sávio (atacante do Atlético-MG), Rômulo (zagueiro do Atlético-MG), Ângelo (meia-atacante do Santos) e Arthur (meia do Fluminense). O sexto jogador que contraiu a covid-19 não foi informado até o momento.

O departamento médico da seleção entrou em contato com os respectivos clubes dos atletas contaminados. Esses jogadores foram liberados para retornarem às suas casa para um período de 15 dias de isolamento, recebendo assistência médica da CBF.

Na quinta-feira, Gabriel Menino, jogador do Palmeiras e da seleção principal, também apresentou um teste positivo para covid-19, que o impediu de atuar nos jogos das Eliminatórias Sul-Americanas diante de Venezuela e Uruguai.

A exemplo dos garotos sub-17, Gabriel Menino também está em isolamento e sob orientação médica da seleção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.