Montagem Estadão
Montagem Estadão

CBF se antecipa a visita da PF e entrega contratos ao MPF

Entidade apresenta documentos firmados em gestões anteriores

Estadão Conteúdo

28 de maio de 2015 | 18h49

A CBF decidiu não esperar pela visita dos agentes da Polícia Federal (PF) e optou por entregar "de forma espontânea" ao Ministério Público Federal (MPF) os contratos firmados nos últimos anos. A informação foi divulgada em nota pela entidade no início da noite desta quinta-feira.

"A Confederação Brasileira de Futebol apresentou hoje (quinta-feira), de forma espontânea, na sede do Ministério Público Federal, no Rio de Janeiro, os contratos firmados pela entidade em gestões anteriores e que foram objeto de ampla divulgação pela mídia no dia 27 de maio de 2015", diz trecho do comunicado.

Na noite de quarta-feira, a pedido da justiça norte-americana, sete agentes da PF brasileira e dois procuradores do MPF do Rio de Janeiro cumpriram mandado de busca e apreensão na sede da Klefer, empresa de marketing esportivo pertencente ao ex-presidente do Flamengo Kleber Leite. Havia a expectativa de que o mesmo acontecesse na mesma noite na sede da CBF, o que acabou não ocorrendo.

A nota da CBF encerra dizendo que a entidade "manifestou o seu apoio integral a toda e qualquer investigação e se colocou à inteira disposição para esclarecimentos adicionais que se façam necessários."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.