Alex Silva/AE - 17/7/2011
Alex Silva/AE - 17/7/2011

CBF tira seleção masculina da Vila Olímpica nos Jogos de Londres

A equipe do técnico Mano Menezes terá uma concentração exclusiva, nos arredores da cidade

AE, Agência Estado

09 de dezembro de 2011 | 17h43

RIO - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta sexta-feira que a seleção de futebol masculino não irá ficar hospedada na Vila Olímpica durante a disputa da Olimpíada de Londres, no ano que vem. A equipe do técnico Mano Menezes terá uma concentração exclusiva, num hotel reservado pela entidade nos arredores da capital inglesa.

Em comunicado divulgado nesta sexta-feira em seu site, a CBF diz ter escolhido o Sopwell House Hotel & Spa, localizado em St. Albans, a cerca de 35 quilômetros de Londres, para servir como concentração da seleção brasileira durante a Olimpíada. A entidade, no entanto, ainda não deu detalhes sobre locais de treinamento e o restante da preparação.

A Vila Olímpica recebe as delegações de todos os países que disputam a Olimpíada, com acomodações para atletas e técnicos, além de estrutura ampla com restaurantes, áreas de lazer e centros de treinamentos. No caso de Londres, ela terá cerca de 2.800 apartamentos e estará dentro do Parque Olímpico, onde ficam a maior parte dos locais de competição.

O torneio de futebol da Olimpíada não será disputado apenas em Londres. Além do lendário estádio de Wembley na capital inglesa, as cidades de Coventry, Glasgow, Cardiff, Manchester e Newcastle vão receber jogos da competição. E a seleção brasileira, sob o comando de Mano Menezes, vai tentar conquistar uma inédita medalha de ouro olímpica.

Mano Menezes já avisou que a seleção olímpica será a sua prioridade no primeiro semestre de 2012. Ele contou recentemente que pretende convocar jogadores com idade para disputar a Olimpíada (até 23 anos) para períodos de treinos e disputa de amistosos pelo menos três vezes antes da convocação para os Jogos de Londres, em março, abril e maio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolOlimpíadaCBF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.