CBF vai bancar os custos dos 11 jogos

A CBF anunciou nesta quinta-feira que vai bancar as despesas de hospedagens, viagens e alimentação dos times visitantes nos 11 jogos que foram anulados pelo STJD por causa da arbitragem de Edílson Pereira de Carvalho. A emissão e distribuição de ingressos será de responsabilidade dos mandantes.Segundo comunicado oficial da CBF, atendendo a determinação do STJD, os clubes mandantes serão obrigados a ?emitir ingressos numerados para serem colocados, gratuitamente, à disposição do público até 72 horas antes do início dos jogos?.O primeiro dia de distribuição será restrito aos torcedores que apresentarem os ?canhotos? dos bilhetes usados no correspondente jogo que foi anulado.A carga de ingressos deve obedecer à capacidade de cada estádio. O time visitante terá direito a 10% da quantidade de bilhetes disponíveis para cada partida. E não serão distribuídos entradas no dia do jogo. Em um curto comunicado, a CBF informou ?aos clubes envolvidos nos 11 jogos cancelados do Campeonato Brasileiro, que todas as despesas necessárias para que as equipes entrem em campo serão efetuadas pela entidade. As despesas referem-se a transporte de delegação, hospedagem e alimentação das delegações dos clubes visitantes.?A CBF ?vai viabilizar igualmente o pagamento das taxas de arbitragem, assim como também as despesas com transporte e hospedagem dos árbitros em questão. E as despesas referentes aos exames de controle de dopagem?.

Agencia Estado,

06 de outubro de 2005 | 20h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.