Marcio Cunha
Marcio Cunha

CBF veta e Chapecoense desiste de disputar Copa Eusébio com o Benfica

Impedimento acontece por conta da ausência de datas disponíveis no calendário

O Estado de S.Paulo

14 de junho de 2017 | 17h06

A Chapecoense desistiu de participar da Copa Eusébio, torneio disputado anualmente entre o Benfica e um time de fora de Portugal. O clube brasileiro havia aceito o convite e estava confirmado como rival de 2017, mas foi impedido pela CBF por causa da ausência de datas disponíveis no calendário.

O anúncio do cancelamento da participação da Chapecoense foi realizado pelo Benfica besta quarta-feira. "O clube brasileiro comunicou a indisponibilidade ao Benfica, nesta terça-feira, alegando que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) inviabilizou a partida amigável, com o argumento da existência de jogos oficiais do Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana", anunciou o Benfica.

A Chapecoense disputa no segundo semestre o Brasileirão e a Sul-Americana, com jogos no meio e no fim de semana marcados praticamente até o fim da temporada. Por isso, a CBF explicou que "não é possível a transferência de datas" para abrir uma janela para que o clube catarinense vá a Portugal disputar o torneio amistoso.

Em 2013, o São Paulo se beneficiou de alterações nas datas do segundo semestre para visitar o Benfica e disputar a Copa Eusébio, que venceu ao derrotar o adversário por 2 a 0. Sem a participação da Chapecoense, o Benfica não revelou quem será seu adversário na partida do dia 22 de julho.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolfutebolCBFChapecoenseBenfica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.