Ceará busca a reabilitação para fechar bem o turno

Sem Rudnei, Diego Sacomam, Fernando Henrique e Heleno, o Ceará enfrenta o Bahia, neste domingo, às 16 horas, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro, com a missão de alcançar os 25 pontos. O emprego do treinador Vágner Mancini está ameaçado por causa da eliminação do time na Copa Sul-Americana, após ser batido pelo São Paulo por 3 a 0. A torcida e a diretoria avaliaram que o técnico lançou o time muito retrancado.

CARMEN POMPEU, Agência Estado

28 de agosto de 2011 | 06h56

Para o lugar de Heleno, suspenso pela punição na expulsão sofrida contra o Fluminense, Mancini opta por Edmilson. Rudnei, que ficará pelo menos três semanas afastado por causa de lesão, cede lugar para Eusébio. Assim, o meio de campo terá Michel, Edmilson, Eusébio e Thiago Humberto.

O zagueiro Diego Sacomam foi operado do joelho e passará 90 dias inativo - no seu lugar deve entrar Erivelton. Já o goleiro Fernando Henrique continua em tratamento de uma fratura no dedo da mão direita. Diego Salgado continua no gol alvinegro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroCeará

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.