Ceará demite Marcelo Cabo após nova derrota na Série B

Contratado com a obrigação de tirar o Ceará da zona de rebaixamento da Série B, o técnico Marcelo Cabo acabou sendo demitido, no fim da noite de terça-feira, após a derrota para o Luverdense, por 1 a 0, no Castelão, pela 29.ª rodada. Lisca, ex-Náutico, é o mais cotado para assumir o cargo e a dura missão de evitar a queda do time para a Série C.

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2015 | 09h37

Há cinco jogos sem vencer, o Ceará ocupa a 17.ª posição, com 26 pontos, com 15 derrotas, oito empates e apenas seis vitórias. Divide com o Boa a marca de time que mais perdeu. Tem cinco pontos a menos do que o Macaé, com 31, o primeiro time fora da zona de descenso. Abaixo dele estão times que parecem ainda mais próximos da queda: Boa e ABC, ambos com 23 e Mogi Mirim, com 22 pontos.

Marcelo Cabo comandou o Ceará em 15 partidas, pela Série B e Copa do Brasil, com cinco vitórias, três empates e sete derrotas. Ele foi o quarto treinador que passou pelo Ceará nesta temporada, sendo três na Série B.

Antes da contratação de Marcelo Cabo, Dado Cavalcanti, Silas e Geninho estiveram à frente do time. Apenas Silas teve sucesso ao conquistar o título da Copa do Nordeste, mas depois fracassou no início da Série B.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCearáMarcelo Cabodemissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.