Ceará/Site Oficial
Ceará/Site Oficial

Ceará desafia o Avaí para se distanciar da zona de rebaixamento do Brasileirão

Também ameaçada, equipe catarinense busca primeira vitória no torneio

Redação, Estadão Conteúdo

27 de maio de 2019 | 09h00

O Ceará busca a segunda vitória consecutiva do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira, às 20 horas, diante do Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela sexta rodada. O técnico Enderson Moreira não poderá contar com o goleiro Richard, vetado pelo departamento médico com uma ruptura no ligamento cruzado do joelho. Sendo assim, Diogo Silva foi confirmado entre os titulares.

"Sabemos bem o que o Avaí deve fazer em campo, assim como eles sabem como nos comportaremos. Mas tem uma distância enorme em saber o que um time joga e conseguir neutralizar estas ações. Será um jogo de imposição. O Avaí tem feito ótimos jogos, é uma equipe bem armada pelo Geninho. Estamos bem a equipe deles e será um jogo extremamente difícil", disse o treinador.

Enderson Moreira vai repetir a escalação, com exceção de Richard, que derrotou o Grêmio por 2 a 1, no último final de semana, na Arena Castelão, em Fortaleza. Thiago Galhardo segue entre os titulares, assim como o meia Ricardinho e os atacantes Leandro Carvalho e Bérgson.

"Todo mundo sabe o que tem que fazer. O professor é muito claro e muito reto no que ele quer. Eu vejo que nós temos uma margem muito grande para evoluir naquilo que o professor pensa, mas quem entrar, vai dar conta do recado", completou Ricardinho.

O Ceará vem fazendo uma campanha regular até o momento. O time alvinegro soma seis pontos, ainda muito próximo da zona de rebaixamento.

Sem Betão na zaga

O técnico Geninho não poderá contar com o zagueiro e capitão Betão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O treinador levou a decisão do substituto para minutos antes da partida. Como Marquinhos Silva está se recuperando de uma virose, Geninho esperará até o último minuto para saber se poderá contar com o atleta. Em caso negativo, Kunde formará dupla com Ricardo. No entanto, confirmou o setor ofensivo com Caio Paulista e Brenner, recém contratado. O treinador analisou a equipe do Ceará.

"(O Ceará) É um time muito bem montado, forte com duas linhas de quatro. Tem jogadores experientes e rodados, que não tem a característica de tremer no jogo. Mas temos nossas necessidades. É um time do nosso campeonato, como chamamos, e temos que fazer o resultado. Na nossa caminhada, o único resultado fora da linha foi o empate contra o CSA. Se tivéssemos vencido, estaríamos fora da zona de rebaixamento", afirmou Geninho.

Ele prevê um grande jogo dos catarinenses: "Vencendo o Ceará daríamos um salto ainda maior e começa a se folgar na competição. Quando joga contra esse tipo de equipe, mais ao nosso alcance e em casa, tem que fazer os três pontos. Teremos dificuldades. O Ceará é um time bem arrumado. Marca forte e sai forte. Vamos tentar fazer outro grande jogo para conquistar a vitória", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.