Ceará empata sem gols com o Goiás e se aproxima do acesso à elite nacional

Com o resultado, equipe segue no G4, em terceiro lugar, com 60 pontos

Estadao Conteudo

11 Novembro 2017 | 20h10

Poderia ser melhor, mas acabou sendo suficiente. Assim pode ser resumido o empate sem gols entre Goiás e Ceará, neste sábado, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, em jogo válido pela 35.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Após tropeço em casa e protestos, Internacional demite o técnico Guto Ferreira

+ Boa vence, respira na Série B e deixa Santa Cruz mais perto do rebaixamento

Com o placar, o Ceará segue no G4, em terceiro lugar, com 60 pontos. E, dependendo da combinação de resultados, pode até garantir o acesso na terça-feira, quando recebe o Paysandu, às 21h30, no Castelão, em Fortaleza. Já o Goiás seguiu distante da zona de rebaixamento, com 44 pontos, quatro na frente do Luverdense, que hoje cairia à Série C. E, também na terça, no mesmo horário, enfrenta o CRB fora de casa.

As equipes fizeram um primeiro tempo truncado, com poucas chances criadas. Muito abaixo do desempenho dos últimos jogos, o Ceará se limitou a marcar e viu o Goiás ficar com a bola e controlar a partida. Mas, apesar do domínio e da iniciativa, o time mandante errou muitos passes e só fez o goleiro Éverson trabalhar nas bolas aéreas.

O segundo tempo começou em ritmo diferente. Logo aos dois minutos, Aylon teve espaço para finalizar cruzado, mas parou em Éverson. A resposta do Ceará veio na sequência: após contra-ataque, Ricardinho girou em cima da marcação e bateu para fora, assustando Rangel.

Com mais qualidade, o Ceará seguiu criando as chances de perigo, utilizando a qualidade de Pio. Primeiro, o lateral colocou a bola na cabeça de Elton - livre de marcação, o centroavante cabeceou torto e mandou longe. Depois, assustou Marcelo Rangel em cobrança de falta rasteira.

O jogo seguiu movimentado até o final, com o Ceará aproveitando melhor os espaços no campo de ataque. E Lima teve duas oportunidades nos acréscimos. Primeiro, dentro da pequena área, ele exagerou na força e mandou por cima. Depois, recebeu de Magno Alves e bateu firme, parando em Marcelo Rangel.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 0 x 0 CEARÁ

GOIÁS - Marcelo Rangel; Pedro Bambu, David Duarte, Alex Alves e Carlinhos; Victor Bolt, Elyeser (Andrezinho) e Léo Sena; Carlos Eduardo (Nathan), Júnior Viçosa e Aylon (Michael). Técnico: Hélio dos Anjos.

CEARÁ - Éverson; Pio, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Valdo (João Marcos), Raul, Leandro Carvalho (Robert), Ricardinho e Lima; Élton (Magno Alves). Técnico: Marcelo Chamusca.

ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Victor Bolt, David Duarte e Alex Alves (Goiás); Luiz Otávio, Raul e Pio (Ceará).

RENDA - R$ 31.945,00.

PÚBLICO - 4.901 pagantes (6.043 total).

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.