Ceará engata 5ª vitória, se afasta da degola e deixa Bragantino longe do G4

O Ceará deu um largo passo para se livrar do rebaixamento na Série B do Brasileiro ao golear o Bragantino, por 3 a 0, nesta terça-feira à noite, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE), pela 35.ª rodada. Esta foi a quinta vitória consecutiva do time, que agora está em 16.º lugar, dois pontos na frente 41 a 39 do Macaé, primeiro na zona do descenso. O time paulista continua com 54 pontos, em oitavo lugar, quatro pontos atrás do Santa Cruz, atual quarto colocado.

Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2015 | 23h37

Com o PV lotado, como era esperado, o jogo começou equilibrado. O Bragantino se posicionou bem na marcação, na tentativa de ganhar espaço no meio-campo. O Ceará, sob pressão, sentiu um pouco. Tanto que escapou de levar gol aos 14 minutos, quando Thiago Santos deu um chute forte e Éverson espalmou para escanteio. Na cobrança em curva de Jocinei, o lateral Moisés desviou de cabeça, mas para fora.

O velho ditado de quem não faz toma prevaleceu. Aos 20 minutos, João Marcos fez o lançamento em velocidade para Alex Amado pelo lado esquerdo. Ele foi até a linha de fundo e conseguiu cruzar na frente de Gilberto. Wescley pegou de primeira de perna esquerda e balançou as redes.

Atrás no placar, o visitante não se entregou. Forçou ao ataque, mesmo correndo riscos de abrir espaços para os contragolpes cearenses. Apesar do maior volume de jogo, o Bragantino não encontrou caminho para infiltrar e chegar com perigo ao gol cearense.

O time cearense voltou mais adiantado no segundo tempo e não demorou para ampliar o placar. Aos 4 minutos, após escanteio de Ricardinho, a defesa não cortou e Rafael Costa subiu bem para tocar de cabeça, de cima para baixo, no canto do goleiro Douglas.

Tudo parecia resolvido, mas, aos 13 minutos, Jobinho foi derrubado por Tiago Cametá dentro da área: pênalti para o Bragantino tentar descontar. Na cobrança, aos 15 minutos, Alan Mineiro deslocou o goleiro Éverson, porém, mandou a bola para fora.

Este lance abalou o moral do time paulista, que levou o terceiro gol aos 20 minutos. Siloé começou a jogada pelo lado direito e foi para a área, onde o zagueiro Gilberto falhou, a bola tocou no travessão e o goleiro Douglas ainda fez um grande defesa. O rebote, no entanto, ficou nos pés de Siloé que chutou forte para balançar as redes. Tudo resolvido.

No final de semana, pela 36.ª rodada, o Ceará vai jogar fora de casa diante do Vitória, sábado, às 17h30, em Salvador (BA). No mesmo dia e horário, o Bragantino vai receber o Sampaio Corrêa, num confronto direto pelo G4, zona de acesso, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

FICHA TÉCNICA:

CEARÁ 3 X 0 BRAGANTINO

CEARÁ - Éverson; Tiago Cametá, Sandro, Carlão e Victor Luís (Fernandinho); Baraka, João Marcos, Ricardinho e Wescley; Alex Amado (Siloé) e Rafael Costa (Júlio César). Técnico - Lisca.

BRAGANTINO - Douglas; Alemão, Gilberto, Éder Lima e Moisés; Renan (Bruno César), Jocinei, Alan Mineiro e Chico (Erick); Rodolfo (Jobinho) e Thiago Santos. Técnico - Wagner Lopes.

GOLS Wescley, aos 20 minutos do primeiro tempo. Rafael Costa, aos 4, e Siloé, aos 20 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÕES AMARELOS - Victor Luís (Ceará). Thiago Santos e Jocinei (Bragantino).

RENDA - R$ 239.724,00.

PÚBLICO - 16.481 pagantes (17.390 total).

LOCAL - Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCearáBragantinoSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.