Fabio Lima/Divulgação
Fabio Lima/Divulgação

Ceará marca a entrega do Castelão para 16 de dezembro

Arena está com índice de 92,83% de conclusão e celebração do fim das obras deverá ter a presença de Dilma Rousseff

O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2012 | 18h33

SÃO PAULO - As obras do Castelão serão entregues em 16 de dezembro. O anúncio foi feito nesta quinta-feira pela Secopa do Ceará. A presidente Dilma Rousseff é esperada na cerimônia, que tem início previsto para as 18 horas locais (19 horas de Brasília). A festa contará com a presença do cantor cearense Fagner.

Atualmente, a arena está com 92,83% das obras concluídas. O plantio da grama foi terminado na noite de segunda-feira, e agora está em fase de crescimento e de preparação para poder receber uma partida de futebol. A cobertura e a colocação, do lado externo, da estrutura chamada de "pele de vidro'', pois reflete os raios solares e ameniza o calor devem ser concluídas até o final deste mês de novembro. Os assentos também estão em fase final de colocação.

A Secopa, inicialmente, trabalhava com as datas de 18 ou 19 de dezembro para a entrega das obras - o Castelão será a primeira arena entregue, cinco dias antes da data marcada pelo Mineirão. Mas a definição dependia da agenda da presidente Dilma.

O primeiro jogo do Castelão será em janeiro. A Secopa gostaria da presença da seleçao brasileira, mas o mais provável é que seja realizado um clássico entre Ceará e Fortaleza, no dia 12 ou 13 de janeiro.

O Castelão vai receber três partidas da Copa das Confederações e seis do Mundial.

COPA EM NATAL

O BNDES aprovou financiamento de R$ 329,3 milhões para a construção do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte. A obra deveria  ser entregue para a Copa, mas só deverá estar concluída em outubro de 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014Castelão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.