Ceará sai na frente, mas cede o empate ao Guaratinguetá no fim e frustra torcida

Time esperava embalar após bater o América-MG, fora de casa, por 3 a 1, mas tropeça nos paulistas: 1 a 1

AE, Agência Estado

31 de agosto de 2012 | 23h13

FORTALEZA - O Ceará tropeçou mais uma vez jogando diante de seu torcedor. Nesta sexta-feira, o clube cearense sofreu um gol aos 43 minutos do segundo tempo e ficou no empate com o Guaratinguetá por 1 a 1, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, pela 21.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Entre derrotas e empates este foi o sétimo jogo no qual o Ceará não conseguiu vencer dentro de casa. Por isso o time faz campanha mediana apenas na oitava posição, com 31 pontos. Do outro lado, o Guaratinguetá segue na zona de rebaixamento, na 17.ª posição, com 19 pontos, mas há três jogos sem derrota.

Mesmo jogando com três zagueiros, o Ceará passou por um susto no começo da partida e contou com a ajuda da trave para não sair com prejuízo. Keninha recebeu livre, em posição legal, e bateu colocado, tirando do goleiro Adilson. Mas a bola bateu caprichosamente no poste direito.

O Ceará encontrava dificuldades em criar jogadas, com muito passes errados e pouca inspiração. O time dependia muito do atacante Mota para levar perigo ao gol de Cesar. Foi justamente o camisa 9 que teve a principal chance de gol dos donos da casa na primeira etapa ao receber dentro da área e finalizar por cima do travessão.

Desde o primeiro minuto da segunda etapa, o Ceará pressionou o adversário. Os donos da casa, porém, não conseguiam evoluir e levar perigo ao goleiro César. O gol só saiu em uma falha da defesa do Guaratinguetá. Os defensores do time paulista cochilaram, Apodi roubou a bola e cruzou. Robert entrou em velocidade e deu um leve desvio de cabeça para abrir o placar, aos 23 minutos.

Os visitantes tentaram reagir e quase empataram em jogada de bola parada. Marcinho tentou surpreender em cobrança de escanteio, mas Adilson conseguiu fazer a defesa e empurrar para linha de fundo.

Se na primeira vez o goleiro salvou, na segunda ele não pode fazer nada. Aos 43 minutos, o meia bateu falta de longe e o camisa 1 dos mandantes não fez a defesa.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 1 x 1 GUARATINGUETÁ

CEARÁ - Adilson; Thiego, Daniel Marques e Luisão; Paulo Sérgio (Apodi), Juca, João Marcos, Bruninho (Eusébio) e Márcio Careca; Mota e Robert (Magno). Técnico: PC Gusmão.

GUARATINGUETÁ - Cesar; Leandro Silva, Baggio, Igor e Renato Peixe (Fran); Jonathan, Bruno Formigonni, Leandinho (João Paulo) e Keninha (Lenilson); Alemão e Marcinho. Técnico: Carlos Octávio.

GOLS - Robert, aos 23, e Marcinho, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Juca (Ceará); Renato Peixe (Guaratinguetá).

ÁRBITRO - Ronan Marques da Rosa (SC).

RENDA - R$ 91.188,00.

PÚBLICO - 8.283 pagantes (9.157 no total).

LOCAL - Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.